A maior feira de cultura negra da América Latina.

2005

2005

A Feira foi instalada num circo (Academia Brasileira de Circo), ainda na nobre Zona Oeste de São Paulo. Foi preciso cobrar ingresso e o evento deu prejuízo. “Mas nos posicionamos: tínhamos que resistir e ocupar espaços além da periferia e das margens da cidade. Foi uma questão de reafirmação de direitos. Temos direito à cidade como um todo.”