A maior feira de cultura negra da América Latina.

Blog

Programação

Tema: A Chegada do Negro no Brasil

Durante a 9ª. edição, a programação cultural da Feira Preta contou com a parceria e participação da Fundação Palmares e Embaixada da Espanha, Rede AECID e Centro Cultural da Espanha em São Paulo apresentando o melhor da cultura negra em um só lugar.

fotografia | cinema | artes plásticas | música | literatura | artesanato | moda | design | hip hop | teatro | dança | cultura popular e religiões de matrizes africana

 

Confira a programação de 2010

 

PALCO DA PRETA

Sábado 18/12

Mestre de Cerimônia: MAX (Grupo DMN)

DJ Residente: Carlinhos MF

Emicida & DJ Rael da Rima
 
Mario Sergio (Ex Fundo de Quintal)

Bukassa e Show Booka Mutoto

 

Vanessa Soares "Dança com P."
 
Apresentação + Aula de Samba Rock – Cia Bombelela
 
Apresentação Orpas
 
DJ Dolores
 
 
Domingo 19/12
 
Mestre de Cerimônia: MAX (Grupo DMN)
 
Ato Ecumênico Inter-Relogioso
 
DJ Residente: Carlinhos MF
 
Nu Beginnings (New Orleans – EUA)
Atração internacional, apoio Consulado Geral dos Estados Unidos:

 

Ouça essa!

Quinteto em Branco e Preto (SP) + Participações surpresas 
 

Coral Renovation Mass Choir

Thiago Thomé – Vencedor do Preta In Festival

DJ Fábio Rogério (105 FM)
 
DJ Puff (Zezão Eventos) 
 

PALCO ALTERNATIVO

Sabado 18/12

Mestre de Cerimônia – Cesinha

DJ Residente: Ajamu (Sintonia)

Show D’Quebrada(3ª lugar no Preta In Festival)

Oficina de DJ A Banca – DJ Bola

Dj’s Dolores Bar: Grand Masterney ; Dj Speed e João Gil 

 

Domingo 19/12

Mestre de Cerimônia – Cesinha

DJ Residente Ajamu (Sintonia)

Moisés Guimarães( 2ª lugar no Preta In Festival)

Parteum
 

Oficina de DJ A Banca – DJ Bola

DJ’ Cesar African People (Zezão Eventos) 


BRINQUEDOTECA BLACK BARBIE

Exposição Black Barbie (SP) | Sábado/Domingo 18 e 19/12

  

Por meio de 80 modelos, a exposição apresenta a trajetória da boneca Barbie afrodescendente, que passou a ser comercializada há 30 anos. Todas as bonecas apresentadas fazem parte do acervo do colecionador Carlos Keffer, de São Paulo.


ARTES PLÁSTICAS

Exposições permanentes e performances (18 e 19 de dezembro)

Guilherme Scabim

Jurandyr de Freitas Jr.

Jaergenton Corrêa

Grafite – Alex Hornest (SP)
 

TEATRO

Sábado 18/12 

Intervenção de Teatro com Angelo Flávio – Cia de Teatro de Teatro Abdias Nascimento – BA

Domingo 19/12 
Os Crespos (SP)


A Cia Os Crespos desenvolve, desde de setembro de 2009, o projeto de pesquisa sobre o racismo na história do Brasil e seus desdobramentos na contemporaneidade.
 


LITERATURA

Sábado e Domingo (18 e 19/12)
Rodas de Bate Papo com autores convidados
Temas: Lendo e escrevendo a vida dos afro-brasileiros
O papel do livro e da leitura no movimento negro

Curadoria Quilombhoje: Marcio Barbosa e Esmeralda Ribeiro

 


FOTOGRAFIA 

Exposição África em Nós
Conjunto de 101 painéis fotográficos móveis com as fotografias premiadas na Campanha Fotográfica África em Nós da Assessoria de Cultura para Gêneros e Etnias.
Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo. Ano: 2009.

 Curadoria de Walter Firmo.


ESPAÇO REFLEXÃO

Histórias Não Contadas – Projeto para o evento II Semana da Consciência Negra realizada pelo Coletivo Malungos na USP Leste.

Temas a serem abordados 18 e 19 de dezembro:
Séculos XVI e XVII – Resistência à submissão econômica e cultural
Mesa: Quilombos lutas históricas e desafios atuais.

Século XVIII – Resistência à submissão religiosa.
Mesa – As irmandades candomblé e umbanda: uma luta pelas matrizes africanas.

Século XIX – Resistência à submissão cultural e social.
Mesa: Revolta do Malês: Resistência sob o véu da história.

Século XX – Resistência à submissão cultural e econômica.
Mesa: Revolta da Chibata 100 Anos de luta.

Século XXI– Resistência à submissão social e econômica.
Mesa: A luta da mulher negra do século XXI.

Palestra Santander – Estratégias para o Povo Negro Vencer.
Plataforma Caminhos e Escolhas

 Exposição: O Levante dos Malês – Cultura, Identidade e Resistência Negra no Brasil

Exposição de fotos, documentos e textos sobre o levante ocorrido em 25 de Janeiro de 1835. Foi um importante fato histórico brasileiro, único na América, de uma rebelião escrava liderada por africanos mulçumanos, Nagôs e Hausa trazidos do Golfo de Benin na Africa.

Curador: Honerê Al-amin Oadq


 CINE DA PRETA 

 

Curadoria:
Mostra de cinema negro – Estimativa ONG (RJ)
Visite: http://estimativa.ning.com/

Sábado 18/12

  • A Cidade das Mulheres 72’ – direção: Lazaro Faria
  • A Terra e o Tempo: Vozes do Quilombo 52’ – direção: Beatriz Paiva
  • Balé de Pé no chão 52’ – direção: Lilian Solá Santiago
  • Estima Negra 10’ – direção: Eduardo Cardoso
  • Cinemina – série Re-visão: 04 vídeos (Realização Estimativa)
    1. Racismo Institucional na Agência de Emprego 04′ – direção: Giselle Moraes;
    2. Racismo Institucional na Agência de Publicidade 04′ – direção: Janaina Oliveira;
    3. Racismo Institucional na Escola 05′ – direção: Nina Silva;
    4. Racismo Institucional na Creche 03′ – direção: Neide Diniz.
  • Vaguei os livros, me sujei com a merda toda 28’ – direção: Akins Kinté e  Allan da Rosa
  • Outros Carnavais – Entre Memórias e Batuques Paulistas 30′- Direção: Luiz Paulo Lima

Domingo 19/12

  • Família Alcântara 56’ – direção: Daniel Solá Santiago e Lilian Solá Santiago
  • Cultura Negra – Resistência e Identidade 41’ – direção: CEAP (Centro de Articulação de Populações Marginalizadas)
  • O Jongo na Serrinha: Tributo a Mestre Darcy 40’ – direção: Beatriz Paiva
  • Mães do Hip-hop 29’ – direção: Dudu de Morro Agudo e Janaina Oliveira
  • Cada Fio uma História 07′ – direção: Jana Guinond e Nina Silva
  • Várzea – a bola rodada na beira do coração 40´ – direção: Akins Kinté
  • Qual é a Cor da Minha Pele – 08′ – direção: Gal Quaresma
 

 

No Comments

Leave a Reply