A maior feira de cultura negra da América Latina.

Blog

Empreendedorismo e Mercado Afro

O mercado afro-brasileiro é um segmento de público que tem exigências e expectativas específicas em relação aos produtos que consome. Há poder de compra e valores, atitudes, ideias e necessidades semelhantes que não são adequadamente assistidos nesse segmento. Assim a maior parte dos R$ 6 bilhões de excedentes desta população encontra como destino a caderneta de poupança.

Existe uma enorme oportunidade de crescimento para aqueles que conseguem atender às necessidades do mercado afro. Diante dessa realidade, o Instituto Feira Preta surge para reconhecer e fortalecer o segmento negro, como um mercado consumidor emergente no Brasil e no exterior. E suas ações são fortemente orientadas para estimular o veio empreendedor nos membros da comunidade negra.

Segundo o Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais – IBMEC-RJ, os pardos e negros representam 15% dos brasileiros que pagam Imposto de Renda no País.

A forte influência na cultura do Brasil, por parte dos afro-descendentes potencializa as possibilidades de exploração deste diferencial mercadológico. Segundo o IPEA – Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas, a classe média negra brasileira cresceu 10% entre 1992 e 1999 (período do estudo), chegando a representar um terço da classe média brasileira.

A partir desses dados, é certo que começa a se perceber no Brasil um crescimento na renda e no poder de compra entre os pardos e negros, o que determina o crescimento de um mercado afrodescendente.

Confira algumas pesquisas sobre o tema:
http://www.afrobras.org.br/pesquisas/brasilpnad2008.pdf (clique para baixar pesquisa)

Mudanças no Perfil do Consumo no Brasil: Principais Tendências nos Próximos 20 Anos (clique para baixar pesquisa)

No Comments

Leave a Reply